segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Genealogia de Jesus (Mateus x Lucas) desde Davi.



Davi, Salomão, Roboão, Abias, Asa, Josafá, Jorão, Uzias, Jotão, Acaz, Ezequias, Manassés, Amom, Josias, Jeconias, Salatiel, Zorobabel, Abiúde, Eliaquim, Azor, Sadoque, Aquim, Eliúde, Eleazar, Matã, Jacó, José, Jesus.
Mt 1:6-16

Davi, Natã, Matatá, Mená, Meleá, Eliaquim, Jonã, José, Judá, Simeão, Levi, Matate, Jorim, Eliézer, Josué, Er, Elmadã, Cosã, Adi, Melqui, Neri, Salatiel, Zorobabel, Resa, Joanã, Jodá, José, Semei, Matatias, Maate, Nagai, Esli, Naum, Amós, Matatias, José, Janai, Melqui, Levi, Matate, Eli, José, Jesus.
Lc 3:23-31
-------------------------------------------------------------------------

Descontradizendo:

Gleason Archer:

"Mateus 1:1-16
 registra a genealogia de Jesus por meio de José, que também era descendente do rei Davi. Sendo filho adotivo do carpinteiro de Nazaré, tornou-se seu herdeiro legal, com direito a herança. 

Observe cuidadosamente as palavras dos versículo 16:
 "E jacó gerou José, marido de Maria, da qual nasceu Jesus, que é chamado Cristo".

Essa declaração contrasta com a fórmula seguida nos versículos precedentes sobre a sucessão dos ancestrais de José:
 "Abraão gerou (egennesen) Isaque; Isaque gerou Jacó...".

Não está escrito que ele gerou a Cristo; antes, dele se diz apenas que era
 "marido de Maria, da qual (genitivo feminino) nasceu Jesus".Lucas 3:23-38 registra a linhagem genealógica de Maria, dirigindo-se ao passado remoto, pois ultrapassa Abraão até chegar a Adão, o início da raça humana. Isso está implícito nas palavras do versículo 23: "(Jesus) era, como se pensava, filho de José, filho de Eli".

A expressão
 "como se pensava" indica que na verdade Jesus não era um filho biológico de José, ainda que essa paternidade fosse presumida pelo povo. 

Chama-nos também a atenção o fato de que Maria necessariamente foi Mãe de Jesus, sem que este tivesse tido pai humano.

Por intermédio dela, Jesus participou de uma linhagem que passava por Davi. Essa genealogia inicia-se com Eli, na verdade, com seu sogro, pois o pai de José chamava-se Jacó (Mt 1:16). A ascendência de Maria passava por Natã, filho de Bate-Seba (ou Bate-Sua, de acordo com 1 Cr 3:5), esposa do segundo rei de Israel.

Portanto, Jesus descendeu de Davi de forma natural, por meio de Natã e, de modo legal, por intermédio de Salomão".

Fonte:
* Gleason Archer; "Enciclopédia de Temas Bíblicos"; ed. Vida; pg.267.

Norman Geisler também concorda com Gleason Archer em seu livro "A Inerrância da Bíblia"; ed. Vida; pg.81-82.

Josh McDowell e Don Stewart também compartilham da mesma posição que Gleason Archer e Norman Geisler no livro "Respostas aquelas perguntas"; ed. Candeia; pg.78-79.

----------------------------------------------------------------------------

Guilherme Born
Correção para melhor entendimento.
Pipe, nesta frase, ficou um ponto meio confuso, então vou "corrigi-lo", apesar de não estar errado, mas vou melhorá-lo:

...Por intermédio dela, Jesus participou de uma linhagem que passava por Davi. Essa genealogia inicia-se com Eli, na verdade, com seu sogro
 (de José), pois o pai de José chamava-se Jacó (Mt 1:16). A ascendência de maria passava por Natã, filho de Bate-Seba (ou Bate-Sua, de acordo com 1 Cr 3:5), esposa do segundo rei de Israel.

O texto dá a entender que Eli é o sogro de Maria, porém na verdade é sogro de José. Isso acontece devido a expressão "
Por intermédio dela".

Sei que você usou a fonte, porém só pra mostrar que a fonte deixa o texto confuso.
--------------------------------------------------------------------------------

Pipe

Realmente o texto estava meio confuso. Acho que na hora de traduzirem o texto do Gleason, os tradutores não observaram isto. Mas agora ficou mas claro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário