domingo, 26 de janeiro de 2014

A viajem "absurda" de Jesus - segundo Marcos:

Cético:
 
Outro exemplo da profunda ignorância de Marcos da geografia Palestina é encontrada na história que ele fabricou sobre Jesus viajando de Tiro, no Mediterrâneo, para o Mar da Galiléia, 48 km por terra.

De acordo com Marcos 7:31, Jesus e seus rapazes foram pelo caminho de Sidom, que fica 32 km ao norte de Tiro na costa do Mediterrâneo!! Já que para ir a Sidom e voltar seriam 64 km, isso significa que o mais sábio dos homens andou 112 km quando poderia ter andado apenas 48.

É claro que ninguém jamais descobriria isso através da versão do Rei Jaime - que aparentemente ignorou o texto Grego que claramente diz – "Partindo das costas de Tiro e Sidom, ele chegou ao Mar da Galiléia..." Aparentemente os tradutores da versão do Rei Jaime também sabiam geografia. Pelo menos mais que o autor de Marcos!
------------------------------------------------------------

Respondendo:

Vamos ao contexto:
Marcos 7:
24 Jesus saiu daquele lugar e foi para os arredores de Tiro e de Sidom. Entrou numa casa e não queria que ninguém o soubesse; contudo, não conseguiu manter em segredo a sua presença.
25 De fato, logo que ouviu falar dele, certa mulher, cuja filha estava com um espírito imundo, veio e lançou-se aos seus pés.
26 A mulher era grega, siro-fenícia de origem, e rogava a Jesus que expulsasse de sua filha o demônio.
27 Ele lhe disse: “Deixe que primeiro os filhos comam até se fartar; pois não é correto tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”.
28 Ela respondeu: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos, debaixo da mesa, comem das migalhas das crianças”.
29 Então ele lhe disse: “Por causa desta resposta, você pode ir; o demônio já saiu da sua filha”.
30 Ela foi para casa e encontrou sua filha deitada na cama, e o demônio já a deixara.
31 A seguir Jesus saiu dos arredores de Tiro e atravessou Sidom, até o mar da Galiléia e a região de Decápolis.

Mateus 15:
21 Saindo daquele lugar, Jesus retirou-se para a região de Tiro e de Sidom.
22 Uma mulher cananéia, natural dali, veio a ele, gritando: “Senhor, Filho de Davi, tem misericórdia de mim! Minha filha está endemoninhada e está sofrendo muito”.
23 Mas Jesus não lhe respondeu palavra. Então seus discípulos se aproximaram dele e pediram: “Manda-a embora, pois vem gritando atrás de nós”.
24 Ele respondeu: “Eu fui enviado apenas às ovelhas perdidas de Israel”.
25 A mulher veio, adorou-o de joelhos e disse: “Senhor, ajuda-me!”
26 Ele respondeu: “Não é certo tirar o pão dos filhos e lançá-lo aos cachorrinhos”.
27 Disse ela, porém: “Sim, Senhor, mas até os cachorrinhos comem das migalhas que caem da mesa dos seus donos”.
28 Jesus respondeu: “Mulher, grande é a sua fé! Seja conforme você deseja”. E naquele mesmo instante a sua filha foi curada.
29 Jesus saiu dali e foi para a beira do mar da Galiléia. Depois subiu a um monte e se assentou.

Refutando:
Bom, vamos ler a trajetória de Jesus:
1. Estava no litoral perto de Gerasa (Mc 5:1);
2. Depois voltou para a Galiléia (Mc 5:21);
3. Depois visitou alguns povoados naquela região (Mc 6:6);
4. Depois foi para Betsaida (Mc 6:45);
5. Depois para Genesaré (Mc 6:53);
6. Depois para mais povoados, outras cidades e alguns campos (Mc 6:56);
7. Depois para os arredores de Tiro e Sidom (Mc 7:24);
8. Dos arredores de Tiro, foi por Sidom de volta a Galiléia (Mc 7:31);
9. E depois para Decápolis (Mc 7:31).

Bom, Jesus estava no mar da Galiléia e regiões vizinhas. Jesus sobe para as regiões de Tiro e de Sidom. Provavelmente visitando povoados. A lógica é que ele estava subindo. Agora leia o VS. 24

Esmiuçando:
1. ”Jesus saiu daquele lugar e foi...” Saiu de que lugar? Mar da Galiléia, certo? Portanto estava subindo, correto?
2. ”... para os arredores de Tiro e de Sidom”. Subiu do mar da Galiléia para onde mesmo? Arredores de Tiro e de Sidom. Mas, a lógica era que ele passaria por onde primeiro? Tiro, correto?
3. ”Entrou numa casa e não queria que ninguém o soubesse; contudo, não conseguiu manter em segredo a sua presença”. O texto diz onde era a casa? Não. Diz apenas que era nos arredores de Tiro e de Sidom.

E o desenrolar da história continua até que Marcos diz o seguinte no VS.31: A seguir Jesus saiu dos arredores de Tiro e atravessou Sidom, até o mar da Galiléia e a região de Decápolis”. Isto denota que o encontro de Jesus com a mulher cananéia foi em Tiro e logo em seguida ele continuou a viagem em direção a Sidom.

Bom, raciocine comigo, se Jesus estava subindo do mar da Galiléia em direção a região de Tiro e de Sidom, é ilógico o texto dizer que primeiro ele passou por Tiro que era a primeira cidade, e depois foi para Sidom que era próxima que ele desempenharia seu ministério?

A coisa mais lógica que existe é que se estou indo na direção de duas cidades como alvo, primeiro eu passe pela primeira cidade, neste caso Tiro. E é mais do que lógico, que em seguida eu me dirija a cidade seguinte que é Sidom. E depois volte para o lugar de onde vim. E em seguida sigo para o sul da minha rota até Decápolis. Este é o típico exemplo de até onde vai a ignorância cética.

Outra questão é que Mateus também diz que Jesus passou pela região de Sidom. Portanto os dois autores dizem que Jesus se dirigiu para aquele região, nos arredores de Tiro libertou uma menina possessa e em seguida foi para Sidom, depois voltou para a Galiléia.

Se não era propósito de Mt e Mc dizer que Jesus passaria por Sidom, por que eles citariam Sidom então?

Fica implícito que, se digo que vou para os lados de Tiro e Sidom, e logo em seguida depois de uma conversa, digo que sai de Tiro passei por Sidom e voltei para a Galiléia, isto é maneira mais clara de dizê-lo.


Pipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário