segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014

Elias enviando carta do céu?

Cético:
Rei Acabe... ao qual Elias previu a morte por conta de Baal... morreu ...
"Assim, pois, morreu, conforme a palavra do SENHOR, que Elias falara; e Jorão começou a reinar no seu lugar no ano segundo de Jeorão, filho de Jeosafá, rei de Judá; porquanto não tinha filho."
2 Reis 1

Jeosafá era o rei de Judá...
Elias então foi arrebatado neste meio tempo...conforme o relato bíblico..
2 Reis 2
1 ¶ E Jorão, filho de Acabe, começou a reinar sobre Israel, em Samaria, no décimo oitavo ano de Jeosafá, rei de Judá; e reinou doze anos.
(...).
5 Sucedeu, porém, que, morrendo Acabe, o rei dos moabitas se rebelou contra o rei de Israel.
6 ¶ Por isso Jorão ao mesmo tempo saiu de Samaria, e fez revista de todo o Israel.
7 E foi, e mandou dizer a Jeosafá, rei de Judá: O rei dos moabitas se rebelou contra mim; irás tu comigo à guerra contra os moabitas? E disse ele: Subirei; e eu serei como tu, o meu povo como o teu povo, e os meus cavalos como os teus cavalos.
(...)

foram-se os reis...
e Jeosafa pediu um profeta
11 E disse Jeosafá: Não há aqui algum profeta do SENHOR, para que consultemos ao SENHOR por ele? Então respondeu um dos servos do rei de Israel, dizendo: Aqui está Eliseu, filho de Safate, que derramava água sobre as mãos de Elias.

Eliseu... que segundo diziam... em quem repousava o espirito de Elias..

Jeosafá morre...
2 crônicas 21
¶ Depois Jeosafá dormiu com seus pais, e foi sepultado junto a eles na cidade de Davi; e Jeorão, seu filho, reinou em seu lugar.

Jeorão sai da linha...
e recebe um escrito da parte de Elias..
ELIAS NÂO HAVIA SIDO ARREBATADO lá atrás....indo para o céu...
como escreve uma carta ao rei... que assumiu depois de seu arrebatamento....!!
__________________________________________________

Descontradizendo:
Gleason Archer responde esta:
"É óbvio que isto não poderia ter acontecido: Elias não podia escrever cartas após seu arrebatamento. Mas essa pergunta pressupõe algo que nunca aconteceu, a saber, a trasladação de Elias antes do reinado de Jeorão, filho de Josafá. O leitor é convidado a consultar W. Crockett, A Harmony of Samuel, Kings, and Chronicles, p.247, onde verá que o "arrebatamento de Elias" é registrado no reinado de Jorão, filho de Acabe. Portanto, teria sido perfeitamente possível que Elias escrevesse uma carta de advertência e repreensão em 847 a.C., visto que o reinado de Jeorão de Judá (848-841) em grande parte se sobrepôs ao de Jorão de Israel (852-841).

É certo que Elias ainda estivesse em plena atividade no reinado do rei que precedeu imediatamente Jorão, a saber, Acazias de Israel (853-852), que também era filho de Acabe. Sabemos disso por causa do encontro que Elias teve com dois pelotões de soldados enviados com o objetivo de prendê-lo, os quais foram destruídos pelo fogo que desceu do céu, em resposta à oração de Elias (2 Rs 1:3-16). É bem provável que esse homem de Deus houvesse vivido mais quatro ou cinco anos, até que o caráter e os costumes do indigno filho de Josafá se tornaram aparentes. (Relata 2 Cr 21:4 relata como Jeorão sentenciou à morte todos os seus irmãos tão logo se tornou rei. É possível que sua esposa, Atalia, filha de Jezabel, o tenha incitado a promover a matança de seus irmãos. Ela própria tentaria, mais tarde, matar todos os sobreviventes da casa de Acabe, depois que seu filho Acazias foi morto por Jeú em 841 a.C.)

É verdade que o relato do arrebatamento de Elias ao céu está em 2 Rs 2:1-11, e não há referência ao reinado de Jeoão de judá senão em 2 Rs 8:16. Mas devemos lembrar-nos de que o narrador de 1 e 2 Rs escreve sobre as carreiras dos reis e as dos principais profetas, Elias e Eliseu, alternando-as. Num momento, ele desenvolve certo tema e descreve uma façanha de Elias, sem abandonar a história enquanto não a termina.

Foi o que aconteceu ao narrar o episódio da partida de Elias para o céu. Esse fato está intimamente relacionado à dotação de Eliseu com os poderes de seu amado mestre. Primeiro, Elias o chamara para o discipulado, no reinado de Acabe, depois de haver atirado sobre ele, simbolicamente, seu manto (1 Rs 19:19-21), não muito tempo depois do desafio no monte Carmelo.

Quando se aproximou o final da carreira terrena de Elias, no reinado de Jorão, filho de Acabe (852-841), o tema mais importante, do ponto de vista do autor de Reis, ficam sendo a sucessão profética. Portanto, com muita lógica, ele cuidou disso em primeiro lugar (i.e., o derramamento da porção dobrada do espírito de Elias sobre Eliseu, no momento em que se separaram). Não seria apropriado que o autor, antes disso, voltasse a escrever sobre os acontecimentos nacionais de Israel e Judá, narrados no capítulo 3. (O autor usa o mesmo procedimento em 2 Rs 19:37, em que trata do assassínio de Senaqueribe, ocorrido em 681 a.C., antes da doença de Ezequias, ocorrida em 714).

No que concerne à narrativa de 2 Cr, não nos é informada se a partida de Elias ocorreu antes ou depois da ascensão de Jeorão, filho de Josafá, ao trono real, mas não existe nenhum aparente anacronismo a ser resolvido. É muito provável que a carta de Elias a Jeorão houvesse sido escrita em 847 e entregue ao destinatário no mesmo ano, um pouco antes de ele ser arrebatado ao céu pela carruagem de fogo (2 Rs 2:11)".

Fonte: "Enciclopédia de Temas Bíblicos"; Ed. Vida; pg.195-196.
------------------------------------------------------------------------------

Norman Geisler & Thomas Howe também respondem:
"Elias foi trasladado num certo dia durante o reinado de Jorão, filho de Acabe, que reinou em Israel de cerca de 852 a 841 a.C. Jeorão, filho de Josafá, reinou em Judá de 848-841. Portanto, como Elias somente foi trasladado num certo dia durante o reinado de Jorão de Israel, é perfeitamente razoável que ele tenha enviado aquela carta a Jeorão de Judá".

Fonte: "Manual Popular de Dúvidas, Enigmas e "Contradições" da Bíblia", Ed. Mundo Cristão, pg.218.
-------------------------------------------------------------------------------

Leiamos:
2 Rs 1:
17 E Acazias morreu, conforme a palavra do SENHOR anunciada por Elias. Como não tinha filhos, Jorão foi o seu sucessor no segundo ano do reinado de Jeorão, rei de Judá, filho de Josafá.

Jeorão reinou apenas oito anos e morreu conforme 2 Rs 8:
17 Ele tinha trinta e dois anos de idade quando começou a reinar, e reinou oito anos em Jerusalém.

Se Jeorão viveu apenas mais seis anos e morreu, Elias pelo menos o conheceu nos seus dois primeiros anos de reinado. E, é bem provável que Elias tenha sido arrebatado apenas depois da morte de Jeorão.

Agora leia 2 Rs 2:
1 Quando o SENHOR levou Elias aos céus num redemoinho, aconteceu o seguinte:...
Ou seja, não diz quando. Diz apenas que quando o Senhor levou Elias aconteceu do seguinte modo.

Se Jeorão já estava reinando por dois anos quando Jorão assumiu o lugar de Acazias, e, Elias estava vivo quando isto ocorreu, pela curta duração do reinado de Jeorão (oito anos), é mais do que certo que Elias estava vivo quando enviou sua carta a Jeorão.

Concluindo:
O texto não diz quando Elias foi arrebatado. Diz apenas que foi depois da morte de Acazias. E, segundo II Cr, também o foi depois da morte de Jeorão.

Elias portanto profetizou contra Acazias e o viu morrer. Do mesmo modo, escreveu uma carta para Jeorão e o viu morrer.


Portanto, não há nenhuma contradição!

Pipe

Nenhum comentário:

Postar um comentário